‘Azeméis Film Festival’ exibe obras premiadas nos principais festivais de cinema

499
Filme "Tommaso".
Dreamweb 728×90 – Video I

Um “festival dos festivais” que irá reunir, pela primeira vez, os filmes premiados nos principais festivais de cinema portugueses no último ano, numa competição de longas metragens entre a ficção e o documentário.

Os vencedores dos festivais de Avanca, Doclisboa, Fantasporto, Indielisboa e Leffest vão passar pelo ecrã de “O Cinema” entre 2 e 4 de outubro próximo.

O ‘Azeméis Film Festival’ surge na cidade com uma marca histórica importante na área do cinema, impulsionada pela programação do Cine Teatro Caracas e mais tarde com a abertura de duas outras salas de cinema.

Resultado dessa marca foi constituído o Cineclube de Azeméis que teve um grande número de sócios e um forte desempenho nesta área, incluindo a produção de cinema de amadores com filmes premiados e exibidos em festivais nacionais e internacionais.

O ‘Azeméis Film Festival’ surge para reiniciar o caminho que traga o cinema ao concelho, criando-se novos públicos e novas dinâmicas que levem ao envolvimento da comunidade nesta forte e dinâmica área cultural.

O festival seguirá as recomendações da DGS – Direção Geral de Saúde.

Alguns dos filmes em cartaz

“De los nombres de las cabras” de Silvia Navarro, Miguel G. Morales (Espanha), obra que ganhou o “Indielisboa 2019”. Também em competição estará “Tommaso” um filme italiano do provocante e controverso realizador americano Abel Ferrara. Tendo estreado em Cannes, foi premiado no LEFFEST 2019. Este filme é protagonizado por Willem Dafoe, mas também pela esposa e filha do realizador.
Tendo ganho o Prémio do Público do último “Fantasporto 2020”, o filme “Por detrás da moeda” de Luís Moya foi rodado no Porto, com os músicos de rua da cidade, tendo emocionado a plateia do Rivoli. O filme foi aplaudido de pé e por largos momentos.
Do “Avanca 2019” será exibido o premiado “Eternal Winter” do realizador húngaro Attila Szász. Baseado em factos reais, este é o primeiro filme produzido sobre as 700.000 vítimas húngaras dos campos de trabalho soviéticos, em plena II Guerra Mundial. Marina Gera foi ainda distinguida com o International Emmy Award 2019 para melhor atriz.
“Santikhiri Sonata” do realizador tailandês Thunska Pansittivorakul foi o vencedor do “Doclisboa 2019”, uma obra sobre as memórias da governação do general Prem a partir dos anos 1980 na região do “Colina da Paz”.

Mais info em www.azemeisfilmfestival.com

Publicidade, Serviços & Donativos