Ílhavo: Exposição coletiva marca reabertura dos espaços 23 Milhas

564
23 Milhas, Ílhavo.

A reabertura de Casa da Cultura de Ílhavo fica marcada pela inauguração da “Braços”, exposição com a curadoria da associação gráfica ilhavense AGIL, que arranca esta quarta-feira, 5 de maio, e permanece na Galeria de Exposições da Casa da Cultura até ao dia 5 de setembro.

A “Braços” reúne 10 coletivos de todo o país (incluindo a própria AGIL) e partiu de um desafio do 23 Milhas, projeto cultural do Município de Ílhavo, à associação, para a curadoria de uma exposição sobre trabalho em comunidade, espaço público, criação em rede e o exercício democrático associado à participação cívica. A Associação Gráfica Ilhavense é uma associação local recente que gravita em torno da gráfica enquanto dispositivo de criação artística, de criação de conhecimento e motor de pensamento.

A AGIL convidou nove projetos, espalhados pelo país, cujas práticas representam um modo de fazer e de pensar a participação na cidade. A associação afirma que partindo da visão dos braços enquanto extensões do corpo, que cumprem a dupla função do trabalho e do encontro com o outro, no abraço, reúnem-se dez coletivos que, com práticas cooperativas e horizontais, atuam nas suas comunidades através da interação com o espaço público, práticas colaborativas de aprendizagem ou da produção de discurso que interpele e transforme.

Até 5 de setembro, estão representados a AGIL, de Ílhavo, a Oficina Arara, do Porto, a ADOC, das Caldas da Rainha, o Serra, de Leiria, A MÔÇES, de Faro, a Ciclaveiro, de Aveiro, a Ellipsis Open School, de Tavira, o Gabinete Paratextual, do Porto, o EDA, de Lisboa e a Praça da Alegria F.C do Porto

Além dos seus projetos expostos, a exposição contempla uma programação paralela que inclui quatro oficinas e três conversas que envolvem alguns dos coletivos convidados da exposição. O programa segue abaixo.

A inauguração da “Braços” é esta quarta-feira, 5 de maio, às 18:00, na Casa da Cultura de Ílhavo. A entrada é gratuita, mas a lotação é limitada.

A exposição pode ser visitada, até 5 de setembro, no horário habitual da Casa da Cultura de Ílhavo (ter – sex das 11:00 às 18:00 e sáb das 14:00 às 19:00).

Oficinas:
29 maio – Identidade (AGIL)
19 Junho – Habitar (AGIL)
3 julho – Desenhos Segredados (João Carola)
21 Agosto – Ilustrar com texturas (Mago Studio)

Conversas:
16 Julho, sexta – Páginas para um livro infinito
(Arara, Gabinete Paratextual, Tiago Baptista)
5 setembro, domingo – Reclamar a cidade (Ciclaveiro, EDA, Praça da Alegria FC)
27 Junho, domingo – Onde não há vínculo amoroso, não há aprendizagem (Ellipsis, Serra, ADOC, Môçes)

Publicidade, Serviços & Donativos