‘Grande Rota das Montanhas Mágicas’ sinalizada e com estações de serviço na Primavera

501
Mapa da 'Grande Rota das Montanhas Mágicas - Cycling & Walking'.

A Associação de Desenvolvimento Rural Integrado das Serras do Montemuro, Arada e Gralheira (ADRIMAG) prepara-se para dotar de sinalética e estações de serviço os percursos da ‘Grande Rota das Montanhas Mágicas – Cycling & Walking’.

A assinatura do contrato com a empresa fornecedora teve lugar em Arouca, em Serra da Freita, num dos locais de passagem da ‘Grande Rota’, a Casa das Pedras Parideiras – Centro de Interpretação.

O território das ‘Montanhas Mágicas’ envolve, entre outras, as autarquias de Arouca,Vale de Cambra e Sever do Vouga.

A ‘Grande Rota das Montanhas Mágicas’ é um percurso de BTT e pedestre, circular, com 230 km de distância, que une sete municípios. Atinge a altitude máxima de 1.209,5m e mínima de 53,7m, tendo um desnível acumulado positivo de 4.862,66m e um desnível acumulado negativo de 4.872,66m.

Os percursos sinalizados e as estações de serviço poderão estar acessíveis ao público até ao final da Primavera do próximo ano. O projeto é cofinanciado pelo Turismo de Portugal, no âmbito do Programa Valorizar – Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior.

Discurso direto

“Este é um projeto de grande importância para todos, não só pelo facto de unir os sete concelhos em torno da oferta de um produto turístico integrado, que envolve a prática de atividades desportivas com elevada procura (BTT e pedestrianismo), mas também por permitir a valorização económica dos recursos e do património natural e cultural de todo o território. Um projeto com grande potencial para dinamizar a economia local” – Margarida Belém, presidente da direção da ADRIMAG.

Artigo relacionado

Conheça a Grande Rota das Montanhas Mágicas – Cycling & Walking

Publicidade, Serviços & Donativos