Aveiro: “Reencontros de Música Contemporânea”

566
Teatro Aveirense.
Smartfire 728×90 – 1

Pelo quarto ano consecutivo, a Arte no Tempo, no âmbito da iniciativa “Reencontros de Música Contemporânea”, promove a apresentação de obras de jovens compositores em formação, de 7 a 23 de março, no Teatro Aveirense.

Dos anos anteriores, resultaram colaborações, algumas sólidas, como aquela que tem sido desenvolvida com a compositora Mariana Vieira (a quem a Arte no Tempo dirigiu já quatro encomendas de obras para diferentes formações).

Este ano serão apresentadas obras de Mathilde Martins*, Rita Rainho*, Cláudio Pina, Hugo Xavier, Lucas Xerxes e João Carlos Pinto.

A segunda edição da bienal Reencontros de Música Contemporânea mantém o propósito de divulgar a música do nosso tempo em diálogo com o património de que somos herdeiros, reafirmando-se como espaço privilegiado para a criação de compositores portugueses. Em destaque, encontra-se a obra de Cândido Lima (1939), de quem serão dadas a escutar duas obras em estreia absoluta, e a de Beat Furrer (1954) que, tal como Lima, terá direito a um concerto monográfico e à estreia nacional de uma obra para orquestra.

Salienta-se ainda a produção da ópera operático de Tiago Cutileiro, com encenação de Sónia Baptista, Leonor Keil e André e Teodósio e a vinda a Portugal do Nadar ensemble, para a estreia de uma co-encomenda a Luís Antunes Pena, sem esquecer a crescente participação de jovens músicos em formação, com a estreia de mais de vinte obras mistas de autores portugueses.

Os Reencontros de Música Contemporânea têm o apoio da Direção Geral das Artes e da Câmara Municipal de Aveiro.

[* alunas da Universidade de Aveiro; obras selecionadas pelo professor da disciplina de música eletrónica, Gilberto Bernardes]

Mais informações em https://artenotempo.pt/projectos/reencontros-de-musica-contemporanea/reencontros-de-musica-contemporanea-2019/

Publicidade, Serviços & Donativos