Vagos: Costa Verde retoma atividade fabril com medidas de prevenção

855
Costa Verde (Vagos).
Smartfire 728×90 – 1

Como previsto, a cerâmica Costa Verde, uma das maiores empresas do sector, que tem fábricas em Vagos, distrito de Aveiro, retomou hoje a atividade após cinco semanas de suspensão.

“Acompanhando a evolução epidemiológica da Covid-19 e acreditando que o mercado irá lentamente começar a reabrir, tomámos a decisão de reativar a produção de porcelana”, informa uma nota de imprensa.

A pandemia levou a empresa de louça a implementar “um completo plano de contingência para proteger” colaboradores, clientes, fornecedores e parceiros.

“Reativando hoje a atividade, vamos continuar a cumprir escrupulosamente a legislação, bem como todas as recomendações das autoridades oficiais, de forma a preservar a saúde e segurança de todos”, refere a Costa Verde.

Assim, serão observadas várias medidas de prevenção. A equipa comercial e de compras, por exemplo, limitará o número de visitas e reuniões presenciais ao “estritamente necessário e previamente acordado, privilegiando os meios tecnológicos”.

Nas cargas e descargas, os motoristas manter-se-ão dentro do camião até receberem instruções. Manter-se-á, igualmente, a distância social, bem como a utilização de equipamento de proteção individual.

Artigo relacionado

Covid-19: Costa Verde renova suspensão da atividade fabril até 3 de maio

Publicidade, Serviços & Donativos