Renault começa a chamar trabalhadores

4039
Fábrica da Renault, em Cacia (Aveiro).
Smartfire 728×90 – 1

A Covid-19 está a deixar marcas no setor industrial com tensões acumuladas, perda de rendimento e incerteza quanto ao futuro.

Na Renault, em lay-off até 30 de Abril, há trabalhadores já a ser chamados a regressar ao trabalho mas a Comissão de Trabalhadores diz que não tem acesso a dados oficiais, refere uma notícia da Rádio Terra Nova.

Artigo relacionado

Aveiro: Renault entra em ‘lay-off’

Temporários da Faurecia em risco

A Norte, o Bloco de Esquerda denuncia que o grupo Faurecia, atualmente com as fábricas de S. João da Madeira em lay off, deve dispensar quatro centenas de colaboradores temporários.

Publicidade, Serviços & Donativos