“Química por Tabela 2.0” selecionado para competição europeia de ciência

280
“Química por Tabela 2.0”.
Smartfire 728×90 – 1

O show de ciência “Química por Tabela 2.0”, produzido pela Fábrica Centro Ciência Viva da da Universidade de Aveiro (UA), foi selecionado para a final da Competição Europeia de Shows de Ciência “Science Me”.

Em pleno Ano Internacional da Tabela Periódica, a produção em causa foi o único espetáculo de ciência português selecionado para a final da competição que irá decorrer nos dias 17 a 19 de junho, em Hanôver, na Alemanha.

Um concurso inserido na Ideen Expo 2019 – International Exhibition for Career, Education Technologies & Training, que em anos anteriores tem acolhido cerca de 390.000 visitantes.

A competição “Science Me”, como refere uma nota de imprensa da Fábrica Ciência Viva da UA “tem como principal propósito aproximar o público da ciência e dos cientistas, sendo que neste evento os espetadores assumem também o papel de júri.”

Cada equipa poderá ter dois elementos no máximo, que numa apresentação de 10 minutos deverão fazer uma performance científica, criando uma ligação positiva e de empatia com o público. A concurso estarão cerca de 20 shows de ciência, provenientes de toda a Europa.

Miguel Cardoso e Sofia Simões, da Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro, vão apresentar-se em palco com um excerto do “Química por Tabela 2.0”, um espetáculo de ciência que “procura fazer a ligação constante com a química que nos rodeia no quotidiano.”

Uma sequência de transformações químicas “curiosas e surpreendentes”, onde são explorados conceitos de ácido-base, oxidação-redução, precipitação, combustão, quimioluminescência, entre outros.

As alterações de cor e de estado físico proporcionam efeitos visuais apelativos estimulando a participação do público.

O espetáculo foi desenvolvido por Paulo Claro e Brian Goodfellow, do Departamento de Química da Universidade de Aveiro, em colaboração com a Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro.

Publicidade, Serviços & Donativos