BE questiona Ministro das Finanças sobre remoção de amianto em edifícios públicos

295
Trabalhos de remoção de amianto, hospital de Aveiro.

O deputado Nelson Peralta questionou o Ministro Mário Centeno sobre o amianto em edifícios com serviços públicos.

O amianto é um composto cancerígeno que está presente em edifícios como escolas, hospitais e outros serviços públicos, podendo colocar em risco profissionais e utentes desses serviços.

A competência de resolução deste problema passou do Ministério do Ambiente para o Ministério das Finanças sem que estivesse solucionado. Nelson Peralta questionou os motivos desta mudança: “existe a preocupação que a prioridade e a urgência na resolução passe a ser por critério orçamental e não por critério de saúde pública”, referiu.

O deputado eleito por Aveiro questionou o Ministro das Finanças sobre “a verba total para as obras de remoção de amianto” e se “no final de 2020, os 134 edifícios de prioridade 1 terão as obras concluídas de remoção”. Perguntou ainda em relação a “outros edifícios – de prioridade 2 e 3 – em que o fundo de reabilitação não prevê financiamento a 100%, de onde virá o restante dinheiro sendo que os serviços públicos infelizmente têm um orçamento muito limitado”. Concluiu questionando se “no final de 2020 quantos edifícios terão sido intervencionados e em quantos ainda faltará remover o amianto”.

Bloco de Esquerda

Publicidade, Serviços & Donativos