Aveiro: Acerto de fronteiras em oito freguesias fica a aguardar ‘sim’ da Assembleia da República

499
Assembleia Municipal de Aveiro.
Dreamweb 728×90 – Video I

O presidente da Câmara de Aveiro classificou como “ridículo” a discussão suscitada pelo PS na Assembleia Municipal ao “entrar em contas de ganhar ou perder” na discussão da proposta de delimitação administrativa de oito freguesias onde, há vários anos, se impunha fazer acertos nas suas fronteiras.

Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o jornal online NotíciasdeAveiro.pt gratuito.

Artigo relacionado

Delimitação administrativa de oito Freguesias do Município de Aveiro

Segundo explicou o edil, a correção, que abrangeu as freguesias de Aradas, Eixo e Eirol, Esgueira, Oliveirinha, Requeixo/Nossa Senhora de Fátima e Nariz, Santa Joana, São Bernardo e União das Freguesias de Glória e Vera Cruz, procurou resolver “problemas da vida real” que eram expostos por cidadãos, por exemplo devido a dificuldades no registo de imóveis que figuravam em freguesias distintas.

A proposta foi precedida, recordou, de um “trabalho de base” com as Juntas de Freguesia, “consensualizado”, e, como por vezes acontece nas alterações de território e população , sem reflexos orçamentais (transferências financeiras para as Juntas).

Tentativas anteriores não foram nada pacíficas, motivando “disputas”, como também lembrou Ribau Esteves, que não deixaria de criticar a “baixa politiquice” em torno do tema nas discussões agora ocorridas em algumas freguesias (Eirol / Eixo e Aradas).

No órgão deliberativo, Jorge Gonçalves, eleito socialista, começou por mostrar insatisfação com a falta de discussão pública da proposta por ter sido limitada aos autarcas de freguesia. O deputado notou que, além de Aradas perder território e eleitores, no sul do concelho, o acordo alcançado vai “mutilar” 30% da antiga freguesia de Requeixo, apontado para 3 quilómetros quadrados, pela passagem da Granja / Nossa Senhora da Guia, para Oliveirinha (declarações abaixo).

A proposta foi aprovada com a abstenção do PS, PCP e Bloco de Esquerda, ficando a aguardar o respetivo diploma legal que terá de ser levado a votação na Assembleia da República.

Discurso direto

“Este exercício, com esta simplicidade, tinha a representativa que chegue, estamos bem com isto” – Ribau Esteves responde ao PS sobre os casos da Granja e Aradas (declarações abaixo).

Artigos relacionados

Aveiro: PS discorda da nova delimitação territorial de Aradas

Aprovada a alteração dos limites geográficos da Freguesia de Aradas

Movimento Sentir Aradas apela à participação em Assembleia de Freguesia para discutir perda de território

Siga o canal NotíciasdeAveiro.pt no WhatsApp.

Publicidade e serviços

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais no jornal online NotíciasdeAveiro.pt, assim como requisitar outros serviços. Consultar informação para incluir publicidade online.