‘Portugal Bike Value’ vence ‘Grande Prémio de Apoio à Internacionalização das Empresas’

506
Portugal Bike Value,

A iniciativa ‘Portugal Bike Value’ recebeu hoje o ‘Grande Prémio de Apoio à Internacionalização das Empresas’ dinamizado pela Comissão Europeia no âmbito da estratégia ‘Europa 2020’, anunciou a Associação Nacional das Indústrias de Duas Rodas, Ferragens, Mobiliário e Afins (ABIMOTA).

O projeto criado em 2015 pela indústria para “promover a fileira das duas rodas portuguesa além-fronteiras” já tinha vencido a fase nacional dos ‘European Entreprise Promotion Awards (EEPA)’, que foi coordenada em Portugal pelo IAPMEI.

Em 2019, Portugal afirmou-se como o maior produtor europeu de bicicletas, com 2,7 milhões de unidades, tendo as exportações nacionais rendido 400 milhões de euros.

A ABIMOTA, que tem sede em Águeda, onde está o principal polo industrial do setor das rodas no país, considera que a vitória reflete o reconhecimento internacional do Portugal Bike Value”, espelhando também “o bom momento” que as empresas atravessam.

“Quando implementamos este projeto em 2015, Portugal exportava qualquer coisa como 150 milhões de euros e quase triplicamos esse valor em cinco anos, afirmou Gil Nadais, secretário geral da ABIMOTA citado em nota de imprensa.

A atribuição dos ‘Prémios Europeus de Promoção Empresarial’ foi feita esta segunda-feira a partir da cidade alemã de Berlim.

O “crescimento e, sobretudo o reconhecimento internacional do setor português”, no entender daquele responsável “deve-se a todo o trabalho realizado pelo setor, que afirmou Portugal como destino de qualidade, inovação e empreendedorismo.”

As bicicletas portuguesas, garante a indústria nacional, são “produtos de elevada qualidade, produzidos com recurso a tecnologias de ponta.”

Exemplos da inovação e competências instaladas no sector

A primeira empresa do mundo a soldar quadros em alumínio através de robôs, as linhas de pintura mais avançadas ou a empresa que faz os selins para bicicleta mais leves do mundo (24 gramas), uma das empresas que mais patentes registou no país, fábricas que fazem rodas quase em exclusivo para equipas de competição e dentro de poucos meses, a primeira fábrica de quadros de carbono fora do continente Asiático ou as maiores fábricas de montagem de bicicletas e de rodas para bicicleta da Europa são alguns dos exemplos da inovação e competências instaladas no sector.

Artigo relacionado

ABIMOTA vence prémio europeu de boas práticas na promoção empresarial

Publicidade, Serviços & Donativos