Face Oculta: Cúmulo jurídico de Manuel Godinho fixado em 12 anos de prisão

875
Manuel Godinho, arguido do processo 'Face Oculta'.
Smartfire 728×90 – 1

O Tribunal de Aveiro fixou hoje em 12 anos de prisão o cúmulo jurídico das penas aplicadas a Manuel Godinho, no processo Face Oculta, depois de terem sido declarados prescritos nove dos 44 crimes pelos quais tinha sido condenado.

A audiência para a reformulação do cúmulo jurídico de Manuel Godinho e mais três arguidos que beneficiaram da prescrição de crimes decorreu rodeada de algumas medidas adicionais de segurança, tendo em conta a pandemia de Covid-19, refere a Agência Lusa.

Publicidade, Serviços & Donativos