Estarreja: Autarquia empenhada em manter o percurso de “conquistas”

352
Diamantino Sabina, presidente da Câmara de Estarreja, no feriado municipal.
Dreamweb 728×90 – Video I

“Continuaremos a trabalhar para promover o desenvolvimento sustentável e inclusivo. Temos planos ambiciosos para novas infraestruturas. Mais programas sociais, culturais e iniciativas fortalecerão ainda mais a saúde e a economia local, estamos confiantes que juntos vamos continuar a construir um município próspero e vibrante”. Palavras deixadas pelo presidente da Câmara de Estarreja na sessão solene do dia do município, celebrado esta quinta-feira.

Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o jornal online NotíciasdeAveiro.pt gratuito.

Diamantino Sabina, que está a cumprir o terceiro e último mandato legalmente permitido à frente da autarquia eleito pela coligação PSD-CDS, garantiu que existem condições para manter o percurso de “conquistas” alcançadas longo das últimas décadas, fruto de “decisões e estratégias acertadas”, permitindo ao concelho alcançar níveis de crescimento económico, comercial e industrial.

O “desenvolvimento e inovação” atraiu “investimento significativo” que gerou emprego e melhorou a qualidade de vida, sublinhou o edil, destacando ainda “a expansão notável nas infraestruturas educacionais”, com novas escolas e a modernização de outras, assim como “diversas iniciativas culturais que enriquecem a vida da comunidade”, com “reflexos vibrantes da nossa identidade e tradição”.

Os programas ambientais “são outro dos motivos de orgulho”, investindo em projetos para promover, proteger e preserva o ambiente, fomentando “práticas sustentáveis” que garantam “um futuro mais verde”.

Numa sessão solene em que foram distinguidas duas coletividades emblemáticas do concelho (Clube Desportivo de Estarreja e Clube Cultura e Desportivo de Veiros), Diamantino Sabina lembrou também que a Câmara é um “suporte constante” das associações locais correspondendo à dinâmica dos seus dirigentes.

Discurso direto

“O facto de Portugal ser um grande centro atenções do turismo e imobiliário cria pressão, fazendo algumas das necessidades vulgares inacessíveis para o comum dos português. O País precisa de mudar rapidamente o seu pendor estatista, as pessoas estão cansada deste modus vivendi, o que se revelando nos recentes resultados eleitorais. Precisa de apostar na indústria, promovendo produção e aumento de salários de quem trabalhar, alargar o garrote fiscal medonho nas empresa, baixar o custo energético dos mais altos da Europa, aumentar substancial o PIB, exportar mais para crescer e prosperar dentro e fora de fronteiras” – Diamantino Sabina, presidente da Câmara.

Siga o canal NotíciasdeAveiro.pt no WhatsApp.

Publicidade e serviços

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais no jornal online NotíciasdeAveiro.pt, assim como requisitar outros serviços. Consultar informação para incluir publicidade online.