CIRA: 2022 vai ter arranque de obras de grande enervergadura

975
Edifício sede da CIRA, Aveiro.

A Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA) assume “a elevada importância do ano de 2022” que se reflete em apresentar um orçamento de 28 milhões de euros, o maior de sempre.

É dado destaque a quatro obras “de grande envergadura”. Desde logo, a ponte açude do Rio Novo do Príncipe e o Sistema Defesa Primário do Baixo Vouga Lagunar, que após o licenciamento ambiental têm de ser lançadas a execução.

Artigo relacionado

CIRA adjudica em reunião extraordinária a ponte-açude de Cacia

A qualificação da margem esquerda do Rio Novo do Príncipe, entre a ponte açude e a ponte do Outeiro, e o reforço de margens e desassoreamento de 23 cais e praias da Ria de Aveiro completam as prioridades de infraestruturas.

O ano de 2022, lembra a CIRA, é o penúltimo da execução dos fundos comunitários do Portugal 2020, pelo que importa “manter um nível elevado de intensidade” para concretizar “os compromissos assumidos no âmbito dos contratos assinados com os Programas Operacionais do Portugal 2020, destacando-se os que integram o Pacto para o Desenvolvimento e a Coesão Territorial da Região de Aveiro.”

Comunicado da CIRA / Aprovação do Plano e Orçamento par 2022.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.