Balanço da época balnear com três vítimas na região de Aveiro

395
Polícia Marítima.

Três das 19 vítimas mortais contabilizadas no balanço da época balnear das praias portuguesas dizem respeito a ocorrências em praias da região de Aveiro, sendo uma em Ílhavo e duas junto à praia de Cortegaça (um casal).

Segundo a Autoridade Marítima Nacional (AMN), no período de 1 de maio e 15 de outubro verificaram-se três acidentes mortais em praias vigiadas e oito em praias não vigiadas ou zonas não concessionadas.

São contabilizadas cinco mortes em praias marítimas fora da época balnear e três em outras zonas marítimas não vigiadas.

A AMN dá conta de 502 salvamentos realizados e 786 ações de primeiros socorros nas zonas balneares.

As praias marítimas não vigiadas ou zonas não concessionadas registaram oito acidentes mortais.

Uma das quais por afogamento na Costa Nova, Ílhavo, a 21 de junho (vítima masculina de nacionalidade portuguesa de 64 anos).

Duas das três vítimas que faleceram em acidentes em outras zonas marítimas não vigiadas dizem respeito à ocorrência de 28 de agosto, em Cortegaça (um casal a rondar os 70 anos, portugueses).

Publicidade, Serviços & Donativos