Aveiro: Junta de Cacia comparticipa medicamentos a pessoas necessitadas

1775
Freguesia de Cacia (imagem da Junta de Freguesia).
Dreamweb 728×90 – Video I

A Junta de Freguesia de Cacia, em Aveiro, anunciou hoje que vai comparticipar, a partir de 13 de janeiro, medicamentos a “pessoas com carência económica comprovada”.

A medida resulta de um protocolo firmado na semana passada entre a autarquia, a Associação Nacional das Farmácias (ANF) e a Associação Dignitude, instituição sem fins lucrativos responsável pela gestão do programa ‘Abem – Rede Solidária do Medicamento’.

“A Freguesia é única e a primeira de toda a região de Aveiro que aderiu ao programa, garantindo assim que os Cacienses referenciados possam aceder ao cartão, que não terá qualquer limite de plafond”, refere um comunicado.

“Fica garantido aos fregueses de Cacia o acesso a medicamentos que lhe sejam prescritos por receita médica, mas que por vezes não chegam a ser adquiridos por razões de carácter económico. Este programa de apoio social abrange pessoas carenciadas ou casos de inesperada carência económica, provocada por situações de desemprego repentino ou doença incapacitante, entre outras situações que mereçam ser analisadas”, acrescenta a Junta presidida por Nelson Santos.,

A identificação dos beneficiários cabe à Junta de Freguesia em articulação com parceiros da rede social, a quem compete a sinalização dos casos.

Será comparticipada a 100% a medicação sujeita a receita médica e comparticipada pelo Serviço Nacional de Saúde, não existindo plafond máximo associado. Cada beneficiário recebe um “cartão Abem” que permite aceder aos medicamentos prescritos em qualquer farmácia aderente, s”em burocracias e com a dignidade e anonimato que merece.”

A execução do programa, em articulação com a associação Dignitude, será feita através de uma plataforma online permanentemente atualizada e criada para o efeito.

Publicidade, Serviços & Donativos