Águas do Centro Litoral confirma descargas de emergência de esgotos em Eixo

985
Descargas de efluentes em, Eixo, Aveiro.

A Águas do Centro Litoral (AdCL) assume a responsabilidade pelas descargas de esgoto não tratado ocorridas na estação elevatória de Eixo, em Aveiro, que atingiram, entre outras zonas, o Parque da Balsa, causando maus cheiros e até a morte de alguns peixes.

Segundo um comunicado, as descargas foram motivadas “por um acréscimo indevido de caudais de chuva aos efluentes domésticos transportados pelos emissários de saneamento, resultando um excesso de caudal ao sistema”.

A AdCL garante que está a tentar resolver a situação “de forma célere, tendo comunicado as descargas de emergência à Agência Portuguesa do Ambiente.”

“Em tempo de chuva, o excesso de caudal ultrapassa a capacidade da estação elevatória, originando as descargas de emergência”,explica ainda a empresa pública prestadora do serviço.

A AdCL relata que “além do excesso de caudal, que se tem verificado nestes primeiros meses chuvosos do ano, e devido à localização desta estação elevatória em zona inundável, registou-se um desgaste do grupo de bombagem da estação elevatória. Esta estação elevatória tem estado em pleno funcionamento, mas devido ao constante excesso de caudal, foi necessário ativar a descarga de emergência”.

O projeto da estação elevatória afectada, como todas, explica a AdCL, foi licenciado nas entidades competentes com a descarga de emergência para a linha de água adjacente.

Outras informações

» As descargas são efetuadas nos descarregadores de emergência das estações elevatórias e são um dispositivo hidráulico concebido para desviar caudais excedentários e limitar a afluência ao caudal máximo de dimensionamento, protegendo o funcionamento das infraestruturas a jusante”;

» A localização dos pontos de descarga é definida de forma a minimizar o impacte possível no meio recetor;

» Após monitorização do grupo de bombas, já foram feitas algumas intervenções no sentido de melhorar o desempenho, mas sendo esta, uma instalação que em tempo húmido, devido aos elevados caudais afluentes, trabalha em contínuo, a situação de desgaste das bombas agravou-se. A equipa da AdCL encontra-se a acompanhar a situação e irá intervir novamente nos próximos dias, incluindo a limpeza no local, se as condições meteorológicas e de caudal permitirem.

Artigo relacionado

Aveiro: PS exige fim das descargas de esgotos para valas hidráulicas em Eixo

Publicidade, Serviços & Donativos