Vereador do PSD aponta “falhas na área educativa do concelho” de Águeda

1040
Paços de Concelho de Águeda.

O vereador do PSD transmitiu na última reunião do executivo camarário “preocupação sobre algumas falhas na área educativa do concelho.”

Antero Almeida deu conta de vários problemas, como a falta de um telheiro na entrada da Escola Fernando Caldeira, “para que os alunos não fiquem à chuva”.

O eleito social democrata adianta em nota de imprensa que aludiu também à “desarticulação dos horários das aulas com os horários dos autocarros”, pedindo medidas.

Antero Almeida alertou igualmente a maioria liderada por Jorge Almeida que os tablets, já com mais de três anos, e alguns computadores encontram-se “desactualizados e em pobre estado de conservação.” Notou ainda a existência de “alguns problemas com a rede wireless”.

Em outras áreas, referiu “a necessidade urgente de encontrar intérpretes para as 85 crianças imigrantes matriculadas, com evidentes dificuldades de adaptação, pois nem os próprios pais muitas das vezes falam Português, devendo ser adoptadas medidas de integração familiar.”

O vereador deixou ainda recomendação para a Câmara analisar a possibilidade de “aumentar o apoio à Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Águeda (CPCJA) de forma a que este organismo possa melhorar a qualidade da sua intervenção, nomeadamente com a alocação permanente de uma viatura.”

Um conjunto de “questões são prementes” para as quais deve ser dada “atenção imediata do executivo municipal”, concluiu Antero Almeida.

Publicidade, Serviços & Donativos