Cine Clube de Avanca com quatro filmes no festival Montecatini

977
Cinema Montecatini, Italia.

Quatro filmes produzidos pelo Cine Clube de Avanca (CCA) e pela Filmógrafo participam nas comemorações da edição 70 do Festival Internacional de Cinema de Curta Metragem de Montecatini, em Itália, que é “o mais antigo de todos os eventos de curtas metragens em atividade no mundo.”

As obras vão ser apresentados em Itália por Júlia Rocha, do CCA, que integra as comemorações transalpinas.

Entre as obras escolhidas, estará a curta metragem de José Miguel Moreira “Carnaval Sujo”, filme rodado em Ovar e cuja trama acontece num cenário onde se referencia uma antiga tradição carnavalesca desta cidade.

“5 Cigarrilhas” é outro dos filmes seleccionados, da autoria de Passos Zamith que se encontra a rodar um novo filme, cujas filmagens na região serão alvo de apoio do novo AVANCA Film Fund.

Francisco Colombo é outro dos autores com filme presente em Itália. Trata-se da coprodução luso-brasileira “Avesso”, uma ficção que reúne vários bandidos.

O último filme é um documentário de curta metragem realizado por Gustavo dos Santos e intitulado “Magister”. Neste filme é possível acompanhar o trabalho do encenador teatral do Porto, Júlio Cardoso.

A estes filmes juntam-se duas curtas metragens realizadas por estudantes de cinema e que tiveram a sua estreia nas últimas edições do “AVANCA – Encontros Internacionais de Cinema, Televisão, Vídeo e Multimédia”. “O festival tem uma parceria de longa data com este festival italiano e este ano atribuiu um Prémio Amizade a Marcello Zeppi, assinalando assim este significativo aniversário”,refere o CCA.

As curtas metragens são “Passage” de Hugo Neves, Filipe teixeira, Vasco Gonçalves, António Riboira e “20.06.2018” de Daniel Silva, Filipe Mendonça, Nelson Sousa, Tiago Faria.

Montecatini escolheu este ano Portugal, Espanha, Rússia e Ucrânia como países convidados nesta sua comemoração.

O festival nascido nesta conhecida cidade termal da Toscana italiana, ao longo do seu historial foi sendo “um ponto de encontro do cinema independente italiano com o cinema de todo o mundo.” Presidido desde há alguns anos por Marcelo Zeppi, o festival tem a particularidade de ter sido criado pela Federação Italiana de Cineclubes (Fedic).

Publicidade, Serviços & Donativos