“Turismo náutico tem um enorme potencial e está a crescer”

430
Vagos, distrito de Aveiro.
Smartfire 728×90 – 1

O Turismo Centro de Portugal (TCP) destacou a importância para a região da certificação entregue a seis estações náuticas localizadas no seu território.

As candidaturas vencedoras foram divulgadas no Porto, durante as comemorações do Dia Nacional do Mar.

Aveiro, Castelo de Bode – Médio Tejo, Ílhavo, Murtosa, Oeste (vários núcleos) e Vagos integram a rede nacional e internacional de oferta turística náutica de qualidade.

O mercado do turismo náutico tem “um enorme potencial e está a crescer na Europa na ordem dos 10 por cento ao ano”, sublinha, em nota de imprensa, Pedro Machado, presidente do TCP.

É também visto como “um produto particularmente interessante” porque despesa diária deste segmento de turistas “é elevado, mas também “permite combater a sazonalidade e está associado a uma imagem de referência e qualidade.”

“Não surpreende que em toda a Europa seja tão evidente a aposta em estruturas ligadas ao turismo náutico. Esta rede nacional de Estações Náuticas, das quais quase metade são no Centro de Portugal, é um investimento ganho à partida”, acrescenta”, referiu Pedro Machdo.

A certificação Estação Náutica de Portugal foi entregue durante o Business2Sea/Fórum do Mar, a fechar o encontro de três dias que decorreu no Centro de Congressos da Alfândega do Porto.

As estações náuticas são organizadas com base na valorização dos recursos náuticos presentes em cada território, que incluem a oferta de alojamento, restauração, atividades náuticas e outras atividades e serviços relevantes para a atração de visitantes. Ao estarem certificadas pela Federação Europeia, asseguram aos visitantes a qualidade do produto turístico e dos serviços prestados, bem como apoio informativo e a reserva de alojamento e serviços.

Artigo relacionado

Certificação da Estação Náutica de Aveiro