Turismo lidera intenções de investimento no Orçamento Participativo de Sever do Vouga

737
Parque de lazer de Sever do Vouga.
Smartfire 728×90 – 1

No âmbito do Orçamento Participativo de Sever do Vouga, foram apresentadas 10 propostas de investimento, nas sessões de esclarecimento nas freguesias, que se encontram agora em análise pelos técnicos da autarquia.

A divulgação da lista final de propostas admitidas será feita no dia 28 de junho e a votação tem início no dia seguinte (29 de junho). O anúncio dos projetos vencedores será feito, no dia 4 de agosto, durante o encerramento da FicaVouga 2019.

Com uma dotação de 50 mil euros, a área do Turismo lidera as intenções de investimento desta terceira edição do Orçamento Participativo, existindo ainda propostas nas áreas do Desporto e Ambiente. Em comum, a preocupação dos munícipes em desenvolver projetos que, de alguma forma, beneficiam todo o concelho.

Para a Câmara Municipal de Sever do Vouga, o Orçamento Participativo reveste-se de importância na medida em que se trata de um processo que “reflete o compromisso da autarquia em fortalecer a democracia local”. Com o Orçamento Participativo, acrescenta a autarquia, “os munícipes contribuem para definir as prioridades da ação municipal, através da partilha da visão de desenvolvimento para o concelho, permitindo que a comunidade conheça os meios disponíveis para concretizar os objetivos propostos”.

Conheça as propostas apresentadas:

Sever do Vouga: “Um Cartão de Apresentação chamado Casa do Artesão” visa dotar a Casa do Artesão de melhores condições com vista a aumentar a estima dos artesãos concelhios, bem como o seu retorno económico. Apresentada por José Fernando Branco Ventura. “Centro de Treino Desportivo e Militar” visa criar uma estrutura que sirva de base para o treino de bombeiros, militares e comunidade em geral, contribuindo para o combate ao sedentarismo e promoção do concelho. Apresentada por André Santos.

Pessegueiro do Vouga: “Investe na Saúde e Bem-Estar – Requalificar ACRPV” visa concluir o salão polivalente da ACRPV e salas contíguas destinadas a população do concelho para a prática de várias modalidades desportivas. Apresentada por José Manuel Santos Pereira.
Rocas do Vouga: “Um ponto de observação no sítio do Gresso” pretende apostar na conservação da natureza, dando continuidade ao projeto dos passadiços das Escarpas do Gresso (um dos vencedores do Orçamento Participativo) para montante até à “Pedra da Sombra”, local identificado como polo dinamizador e de observação do rio Gresso. Apresentada por Marisa Augusta M. Machado Marques.

Couto de Esteves: “Proteger o rio Branco” pretende dar continuidade às intervenções no rio Branco/Gresso, através da identificação de seis moinhos, implementação de passadiços e limpeza e valorização de quatro açudes. Apresentada por Pedro Manuel Ferreira Leitão.
Cedrim: “Remodelação do polidesportivo de Carrazedo” visa qualificar a estrutura através da aplicação de relva sintética. Apresentada por Alexandre Manuel T. Fernandes.

Dornelas: “Requalificação do Parque do Areeiro” visa dotar a estrutura com melhores condições de acolhimento, através da extração de areia no fundo do lago, restauro do paredão e drenagem de águas na área da churrasqueira. Apresentada por Maria de Lurdes Oliveira.
Paradela do Vouga: “Criação de Centro de Trail do Vouga” visa criar quatro percursos de trail circulares, a nível concelhio, com vista a promover o concelho para esta prática. Apresentada por Luís Pereira.

Talhadas: “Vilarinho’s Board Walk” visa criar um passadiço de acesso à Cascata de Água D’Alte, requalificando-a, com vista a promover o turismo. Apresentada por Marta Lúcia S. S. Batista. “Outdoor Eletrónico Rotativo” visa implementar um outdoor eletrónico rotativo no Largo da Sra. da Graça para informação institucional. Apresentada por Marta Lúcia S. S. Batista.

Município de Sever do Vouga

Publicidade, Serviços & Donativos