“Trabalho e proximidade”

571
João Almeida, cabeça de lista do CDS por Aveiro.
Smartfire 728×90 – 1

Acreditamos muito na nossa equipa e nas nossas propostas e, acima de tudo, sabemos que isso só vale se o conseguirmos transmitir a todos os eleitores do distrito.

Por João Almeida *

Trabalho e proximidade: é este o mote da candidatura do CDS por Aveiro. É um mote que liga o mandato anterior e aquele a que nos candidatamos agora. É também uma afirmação da nossa maneira de estar e de actuar.

Durante quatro anos, o meu colega António Carlos Monteiro e eu trabalhámos dedicadamente para representar condignamente os eleitores do distrito de Aveiro. Soubemos sempre que a qualidade do trabalho desenvolvido em Lisboa dependeria da capacidade de acompanhar todas as dinâmicas do distrito. Isso só se consegue com proximidade, estando permanentemente no terreno.

Foi por isso que nos empenhámos, durante a pré-campanha, em prestar contas do trabalho realizado. Concelho a concelho. Apresentando as iniciativas que tivemos relativamente a cada um deles. É assim que a política faz sentido. Ser eleito, trabalhar e prestar contas desse trabalho.

Agora, entrámos numa nova fase.

A apresentação da equipa e das propostas. Na equipa começo por destacar o nosso mandatário político, Paulo Portas. Depois de ter encabeçado seis vezes a lista do CDS no distrito de Aveiro, Paulo Portas volta a mostrar o seu carinho e proximidade ao Distrito.

A lista do CDS é constituída por candidatos que representam uma pluralidade geográfica e de experiências profissionais e de vida.

É fácil a qualquer eleitor do distrito encontrar na lista pessoas que conhece e reconhece pelo seu trabalho e empenho cívico.

Quanto às propostas salientamos a prioridade do programa eleitoral do CDS: baixar impostos. Por um lado, baixando o IRS em 15% para todos as pessoas. Só assim se permitirá aumentar o rendimento das famílias sem distinguir os que trabalham no sector público e os que trabalham no sector privado. Respeitando e reconhecendo todos. Por outro lado, reduzindo o IRC. Esta redução é fundamental para aumentar o investimento. Só assim poderá haver aumentos salariais e níveis elevados de emprego.

Em relação a outras propostas ligadas ao distrito, destacamos três áreas: a saúde, as infraestruturas e transportes e o ambiente, agricultura e pescas. Na saúde defendemos o investimento nos hospitais e centros de saúde do distrito, com especial atenção aos serviços de urgência e atendimento permanente. Nas infraestruturas e transportes defendemos a concretização da ligação de várias zonas do distrito, incluindo parque industriais, às auto-estradas.

Defendemos ainda o desconto nas portagens nas deslocações de proximidade e a requalificação da Linha do Vouga. No ambiente, agricultura e pescas defendemos o rápido desassoreamento da Ria e a valorização das actividades ligadas à agricultura e às pescas.

Acreditamos muito na nossa equipa e nas nossas propostas e, acima de tudo, sabemos que isso só vale se o conseguirmos transmitir a todos os eleitores do distrito. É nisso que estamos empenhados.

* Cabeça de lista do CDS pelo distrito de Aveiro nas eleições legislativas de 6 de outubro de 2019.

Mais informações em https://www.facebook.com/CDSDistritalAveiro/

Publicidade, Serviços & Donativos