Torreira: ‘Mariscador’ da Ria apanhou congro de 27 quilos

46732
Manuel Tavares, pescador da Torreira.
Dreamweb 728×90 – Video I

É um dos maiores congros tirados da Ria de Aveiro, diz quem possui memória destas pescarias nas águas lagunares: 27 quilos com 2.10 metros de comprimento.

Manuel Tavares, 44 anos, que faz vida como ‘mariscador’, elevou, a custo, o ‘troféu’ logo depois de regressar de uma manhã de trabalho na apanha de berbigão, surpreendendo os seus camaradas no cais dos pescadores da Torreira, Murtosa.

“Eu já conhecia este tipo peixe, encontramos por aí na ria. Há uns anos vi um de 30 quilos. Têm ‘tocas’, não lhes deitamos a mão com facilidade, escondem-se, mas também pode ser perigoso”, disse o pescador.

O congro não parece adaptar-se a água doce, preferindo a salinidade. Essa é a explicação dada por Manuel Tavares para ter dado com o exemplar junto à superfície quando seguia de barco para a apanha de bivalves.

“Tem chovido muito, deve ter ficado desorientado e perdeu a toca. Foi só pegar nele. Pelo tamanho, deve ter uns aninhos. Assim não é comum, mas aparecem de sete, oito quilos, não tem nada a ver com este”, acrescentou.

Manuel Tavares, natural da freguesia da Torreira, voltou à atividade profissional de ‘mariscador’ depois de alguns anos a trabalhar como segurança.

O congro que apanhou foi cortado em postas para “umas valentes caldeiradas” familiares e de amigos da pesca com quem fez questão de repartir a sorte.

Artigos relacionados

O Congro

Conhecer o pescado de Portugal: Congro / Safio

Publicidade, Serviços & Donativos