Taça de Portugal: Beira-Mar deseja “uma vitória clara e uma receita que será santa”

2504
Beira-Mar - Marítimo (Taça de Portugal 2019-20).
Dreamweb 728×90 – Video I

A direção do Beira-Mar ficou entusiasmada com o resultado do sorteio da Taça de Portugal que ditou a receção ao Santa Clara na terceira eliminatória.

O conjunto açoreano é naturalmente favorito, por ser do escalão principal do futebol português. Mas o exemplo da época passada, em que o Marítimo ‘caiu’ em Aveiro, é uma motivação especial para tentar repetir a façanha de ‘tomba-gigantes’.

A equipa treinada por Daniel Ramos (que teve uma passagem como jogador pelo Beira-Mar na época de 1995-96) inspira ainda mais respeito pelo arranque de época (duas vitórias e um empate em quatro jogos).

“Calhou-nos a equipa revelação da primeira Liga, até agora. Serão bem recebidos, mas daremos tudo em campo para ter uma vitória clara e uma receita que será santa”, comentou Afonso Miranda, presidente adjunto do clube aveirense.

“O jogo da Taça de Portugal permite-nos lembrar os jogos das ligas principais dos tempos antigos, mas queremos criar novas boas memórias”, acrescentou o dirigente responsável pelo futebol sénior.

Para o treinador do Beira-Mar, Ricardo Sousa, será também o reencontro com o Santa Clara, onde esteve a jogar emprestado pelo FC Porto (1998-99).

Afonso Miranda acredita numa boa resposta dos aurinegros na eliminatória agendada para 21 de novembro. “O grupo tem trabalhado com muita união e afinco, é com esse registo que vamos encarar todos os jogos independentemente do adversário. Se perdermos sairemos desiludidos, mas cientes dos nosso foco prioritário para esta época”, concluiu.

Artigo relacionado

Futebol / Taça de Portugal: Beira-Mar recebe o Santa Clara

Publicidade, Serviços & Donativos