Septuagenário que fazia queima de sobrantes detido por fogo florestal

1574
Imagem da GNR.
Dreamweb 728×90 – Video I

Um homem de 71 anos foi detido ontem por incêndio florestal em Oliveira de Azeméis, informa a GNR.

“No seguimento do alerta de um incêndio florestal, os militares da Guarda deslocaram-se de imediato para o local e apuraram que o incêndio teve origem numa queima de sobrantes florestais que se descontrolou, tendo identificado o homem responsável pela queima ainda no local”, refere um comunicado.

Segundo a GNR, o detido foi constituído arguido e os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial de Oliveira de Azeméis.

A Guarda relembra que “as queimas de sobrantes são uma das principais causas de incêndios em Portugal”. É proibido queimar matos cortados e amontoados e qualquer tipo de sobrantes de exploração florestal ou agrícola sem pedir autorização ou fazer comunicação prévia. “Para evitar acidentes, siga as regras de segurança, esteja sempre acompanhado e leve consigo o telemóvel”, alerta o comunicado.

Publicidade, Serviços & Donativos