Rodrigo teve cabeça para o Beira-Mar chegar à vitória

485
Imagem do Facebook do Beira-Mar.

O Beira-Mar alcançou esta tarde, a contar para a oitava jornada da divisão de elite do futebol distrital, em Oliveira do Bairro, uma vitória inédita (0-1) em campeonatos distritais frente aos ‘Falcões do Cértima’.

Ficha e vídeo

Os aurinegros seguem na liderança (menos um jogo) com 19 pontos, continuando na companhia do excelente Bustelo, que venceu em casa o Avanca com um golo do inevitável Mário.

Em Oliveira do Bairro, o terreno tornado ‘pesado’ devido à persistente chuva não facilitou as tarefa dos ‘artistas’. As melhores oportunidades pertenceram aos forasteiros, que pecaram na finalização, mas também tiveram pela frente um guarda-redes atento.

A primeira parte foi dominada pelo Beira-Mar que justificava a vantagem ao intervalo, embora sem outras oportunidades flagrantes que não o golo de Rodrigo (segundo da época), chamado pela primeira vez à titularidade por troca com Bruno Henrique, num oportuno desvio de cabeça, após cruzamento da direita de Ricardo Gomes (39m).

Já a equipa bairradina, com muitas cautelas defensivas e o guarda-redes a inspirar confiança, não foi além de dois remates de Leandro, a procurar surpreender Maringá.

Pouco depois do descanso, os aveirenses estiveram muito perto de marcar. André Nogueira, a passe de Marcão, levou a melhor perante dois adversários e depois de contornar o guardião, atirou ao lado, para desespero dos adeptos visitantes.

Lucas adiou o segundo golo com um desvio para canto após remate de Artur.

O Beira-Mar mantinha a pressão para chegar a um resultado mais tranquilo. Rodrigo, a cruzamento de Aparício, cabeceou ao lado. Pouco depois, o médio colocaria Lucas mais uma vez à prova.

Numa fase de futebol mais musculado, o Oliveira do Bairro procurava chegar ao empate, obrigando a defesa forasteira também a mostrar trabalho.

À entrada do último quarto de hora, uma escorregadela do central bairradino Mané permitiu a Aparício tentar a sua sorte, mas o remate a saiu ao lado. O mesmo aconteceu com tentativas de André Nogueira e Monteiro.

Depois deste resultado, o Beira-Mar alargou para cinco a série de jogos consecutivos a vencer.

Resultados e classificação aqui.

Declarações difundidas pela rádio Terra Nova

“Tinhamos o jogo planeado, reconhecendo a superioridade do Beira-Mar. Valeu a eficácia. As equipas conhecem-se bem, encaixaram-se muito bem. Assistimos a um jogo competitivo, foi preciso lutar muito. Acabou por ser um bom jogo. Ganha quem marca” – Amorim Nunes (treinador do Oliveira do Bairro).

“Assistimos a um jogo de sentido único. Com este temporal praticar um bom futebol não é para todos. Não demos nenhuma oportunidade ao adversário e com bola gerimos bem. Tivemos várias hipóteses flagrantes. O resultado de três ou quatro zero seria o normal. Mas o mais importante são os três pontos. O campeonato é muito equlibrado, competitivo” – Cajó (treinador do Beira-Mar).