Relação agrava pena a militar da GNR condenado por tortura em Aveiro

987
Tribunal de Aveiro.
Dreamweb 728×90 – Video I

O Tribunal da Relação do Porto (TRP) agravou a pena aplicada a um dos cinco militares da GNR condenados por tortura, após uma agressão a três guardas que estavam de folga em 2015, na Murtosa, distrito de Aveiro.

O acórdão do TRP, datado de 28 de outubro e consultado hoje pela Lusa, julgou parcialmente procedente o recurso apresentado por um dos assistente.

Continuar a ler artigo.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.