Quedas de árvores e inundações deram muito trabalho aos bombeiros da região

1283
Proteção Civil.

A chuva e o vento que se fez sentir durante a madrugada na região de Aveiro causou quedas de árvores, de cabos de eletricidade e de outros elementos, bem como desabamentos de estruturas edificadas e inundações.

Várias dezenas de ocorrências que deram muito trabalho especialmente aos bombeiros.

No entanto, segundo fonte do Comando Distrital da Proteção Civil, não havia, até às 8:30, danos pessoais a lamentar.

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) registou mais de meio milhar de ocorrências nas últimas 24 horas em todo o país.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou para vermelho o aviso relativo aos distritos do Porto, Braga, Aveiro, Vila Real e Viana do Castelo, por força da previsão de agravamento de chuva forte e persistente a partir de quinta-feira.

O aviso do IPMA vigora no Porto e em Aveiro entre as 15 e as 21 horas, prevendo-se chuva “forte e persistente, podendo ser acompanhado de trovoada”.

Em Aveiro, a operadora Transdev decidiu suspender o transporte fluvial devido à previsão de mau tempo, ativando carreiras alternativas.

Artigo relacionado

Aveiro / Alerta vermelho: Chuva forte e persistente com rajadas de vento

Publicidade, Serviços & Donativos