PS fomenta debate para evitar revisão “secreta” da Carta Educativa

616
Escola Primária de Taboeira (arquivo).

O PS concelhio de Aveiro dá inicio, esta noite, a uma série de encontros alusivos à revisão da Carta Educativa, que foi colocada em marcha pelo atual executivo camarário.

Neste contexto, a estrutura socialista local “entende como elementar ato de transparência política abrir a discussão, com apoio técnico especializado, a todos os interessados”, segundo se lê numa nota.

“No caso da educação, a amplitude das preocupações são a base para uma boa revisão”, refere o PS que agendou o primeiro encontro para as 21:00, no auditório da Junta de Freguesia de Oliveirinha.

Os socialistas criaram um grupo de trabalho que está a recolher todos os indicadores com os objetivos de “fomentar o debate público sobre educação e políticas educativas para Aveiro”, assim como “aprofundar conhecimento para a revisão de acordo com rigor técnico em todas as dimensões vertidas na lei e experiência”.

Mas também “aprofundar estudos avaliativos do percurso feito e projectivos do médio/longo prazo; princípios e medidas que respeitem a missão social da escola, a coesão territorial e socioeconómica do município”

No final, a concelhia deseja elaborar um memorando “que influencie as decisões e permaneça como referência futura.”

“O Partido Socialista tem por princípio práticas de debate público, sem se esconder atrás de biombos ou gerir o que interessa às pessoas, individual ou coletivamente organizadas, de forma secreta ou semi-secreta com medo da diversidade de opiniões ou com tiques de absolutismo”, remata a nota sobre o debate em torno da revisão da Carta Educativa.

Artigos relacionados

Aveiro: Autarquia anuncia para 8 de Novembro apresentação da primeira versão do documento de Revisão da Carta Educativa

Aveiro: Novas orientações da Carta Educativa desvendadas em Outubro

Eixo – Eirol resiste à integração escolar em ‘mega agrupamento’ de Esgueira