Plano Municipal de Proteção Civil de São João da Madeira na reta final de aprovação

166
Cidade de São João da Madeira.
Smartfire 728×90 – 1

A Comissão Municipal de Proteção Civil (CMPC) de S. João da Madeira aprovou esta semana o relatório de consulta pública do Plano Municipal de Emergência e Proteção Civil.

“Sem que se tenham registado nesse período sugestões de alteração”, foi aprovado por unanimidade e segue para solicitação de parecer à Autoridade Nacional de Proteção Civil, “dando-se, assim, mais um importante passo para a entrada em vigor”, informa a edilidade.

“Este é um documento formal que define o modo de atuação dos vários organismos, serviços e estruturas a empenhar em operações de Proteção Civil a nível municipal, permitindo antecipar cenários suscetíveis de desencadear um acidente grave ou catástrofe”. Define, ainda, “a estrutura organizacional e os procedimentos para a preparação e aumento da capacidade de resposta à emergência.”

O presidente da Câmara, que lidera a CMPC, informou que comissão será, em breve, reconvocada, para apresentação e análise do Plano de Emergência Externo da Flexipol, “empresa que, pelas suas características, carece desse procedimento.”

A CMPC de S. João da Madeira é composta pela Câmara Municipal, Junta de Freguesia, Bombeiros Voluntários, Polícia de Segurança Pública, GNR – Destacamento de Trânsito, Delegação de Saúde, núcleo da Cruz Vermelha, Segurança Social, Santa Casa da Misericórdia, Agrupamentos de Escolas da cidade, Agrupamento de Escuteiros, empresa municipal “Águas de S. João” e, ainda, o Centro Hospitalar de Entre Douro e Vouga e o Instituto Nacional de Emergência Médica.