Nova estrutura de acolhimento do Mosteiro de Arouca adjudicada

681
Mosteiro de Santa Mafalda.
Smartfire 728×90 – 1

A Direção Regional da Cultura do Norte adjudicou por cerca de 669.401 euros a instalação de uma estrutura de acolhimento do Mosteiro de Arouca, com a recuperação e adaptação de espaços.

O prazo de execução das obras é de um ano sensivelmente.

As intervenções previstas servirão para melhorar o circuito de visitas ao mosteiro e ao Museu de Arte Sacra.

As últimas obras remotam a 2002 e 2004 aquando da recuperação da cobertura, fachadas e janelas, com um investimento de cerca de dois milhões de euros.

Agora o Convento de Arouca irá ficar com melhores condições para o acolhimento de visitantes.

A estrutura de acolhimento ao visitante incluirá um espaço de recepção, instalações sanitárias, um bengaleiro, um vestiário e uma loja de vendas. Será instalado ainda um elevador para o primeiro piso.

O projeto prevê ainda a criação do chamado ‘Espaço da Memória’, onde além da musealização de vestígios medievais, irá albergar sistemas multimédia para visualização e audição de conteúdos interpretativos do mosteiro, nomeadamente sobre Mafalda Sanches, a “Rainha Santa Mafalda”, e “10 Séculos em 10 minutos”. A complementar estes trabalhos, será ainda concebida e implementada sinalética para melhor informação dos visitantes.

A empreitada será financiada pelo “Norte 2020″, programa operacional regional do actual quadro comunitário de apoio.

Artigo relacionado

Ala sul do Mosteiro de Arouca alvo de concessão para alojamento