“Não ofendi ninguém” – Ribau Esteves

5201

Ribau Esteves mostrou-se hoje “triste” com as reações negativas nas redes socias a propósito de um vídeo seu divulgado pela Associação Académica da Universidade de Aveiro, quinta-feira passada, em que promovia um concerto das noites de receção ao caloiro, rejeitando tratar-se de uma frase ofensiva.

“É dia de vir ao ‘Integra-te’ para darmos uma grande esfrega na academia, nas caloiras, um grande estímulo para a nossa universidade continuar a crescer, honrando e homenageando aqueles que lhe dão vida (…) venham embora que aqui é que se está bem” é a polémica frase, que motivou, inclusivamente, esta segunda-feira, um comunicado do Bloco de Esquerda.

Ribau Esteves admitiu que recebeu os comentários ao vídeo gravado antes do concerto de Deejay Telio, autor da música ‘Esfrega esfrega’, “de forma triste”. Uma declaração a que quis imprimir “sentido de humor”, lamentando quem esteja “a isolar as expressões e levar para um campo que não faz sentido”.

“Tratou-se de uma brincadeira, estávamos a receber os caloiros. O artista daquela noite é muito famoso com uma canção que está a fazer furor, fiz uma brincadeira, usando a palavra da canção da moda para convidar os caloiros a aparecerem”, explicou o edil que desvalorizou o aproveitamento político de “uma oposição com pouca representatividade, poucas ideias, que só diz mal e com má língua”, exortando os cidadãos a usarem as redes sociais “com sentido positivo e sentido de humor”.

“Não ofendi ninguém, é um episódio absolutamente ridículo, as pessoas devem perceber a mensagem, o seu enquadramento e por que usei a palavra esfrega, do artista da noite. Era para convidar os caloiros e as caloiros a partilharem aquele momento que foi muito divertido”, explicou.

“O vídeo é dirigido aos caloiros e às caloiros. Pertenço ao grupo que trata melhor as caloiras do que os caloiros, é uma opção de vida, em nome da boa tradição portuguesa também. Trata-se de um gesto de simpatia e humor. As pessoas têm que passar uma lógica mais positiva e alegre e não usar o Facebook para dizer mal de tudo e todos, o que não é positivo. Faço questão de estimular o sentido de humor”, insistiu Ribau Esteves.

BE lembra declarações anteriores

Em comunicado o Bloco de Esquerda de Aveiro aproveita o vídeo para lembrar que “há algumas semanas”, Ribau Esteves já tinha afirmado na receção aos novos alunos que “o encanto primeiro da academia são as nossas caloiras”. Os bloquistas condenam as declarações, considerando que é “necessário um pedido público de desculpas por parte do autarca” pois “assumiu-se como porta-estandarte de uma cultura machista, misógina e atávica.”

“Frase infeliz” leva PS também a exigir desculpas

O PS, através de um comunicado conjunto da Distrital e da Concelhia, para considerar a expressão utilizada “totalmente inadmissível como tratamento das estudantes da Universidade de Aveiro”.

Para os socialistas, ainda é “mais grave quando o país toma consciência dos abusos praticados sobre os caloiros no contexto das chamadas ‘praxes académicas’, bem como das situações de sexismo que se verificam sobre as mulheres no meio académico.”

O PS entende que “ninguém está livre de, num contexto de festa, proferir uma frase muito infeliz que não reflete o seu pensamento” mas “nesse caso” os socialistas consideram que Ribau Esteves “tem a obrigação de se retractar e pedir desculpa”, exigindo tal atitutde.