Murtosa: Artesanato em madeira torneada no COMUR – municipal municipal

547
António Ramos (Artesão).
Dreamweb 728×90 – Video I

A COMUR-Museu Municipal da Murtosa recebe de 2 a 30 de outubro, uma exposição de peças em madeira torneada, do artesão António Ramos.

A abertura da mostra terá lugar no domingo, dia 2 de outubro, pelas 16:00. A entrada é livre.

António de Oliveira Ramos, nasceu a 15 de outubro de 1955, em Pardilhó, concelho de Estarreja. É casado e tem 3 filhos.
Fez toda a sua escolaridade, até ao 6º ano, na Escola de Pardilhó. Aos 12 anos começou a trabalhar, como aprendiz, na carpintaria de Jaime Rodrigues, também na sua terra natal. Aos 15 anos de idade, passou para a fábrica CIMAC, na Murtosa, lugar que considera ter sido a sua verdadeira escola.
Aos 20 anos emigrou para a Venezuela, onde o amor pela madeira continuou presente, sendo aí já o responsável pela empresa onde trabalhou. Regressou ao seu país de origem 16 anos depois.
Aos 52 anos de idade emigrou, novamente, desta feita para a Suíça para continuar a trabalhar na sua área, antes de regressar, definitivamente, a Portugal, fixando residência na freguesia do Bunheiro, concelho da Murtosa.
Apaixonado, desde a sua juventude, pela madeira, António Ramos, passou a dedicar grande parte do seu tempo livre à execução de peças em madeira torneada, atividade que executa com arte e minúcia, na oficina/ateliê que possui na sua casa.
Faz parte do Rancho Etnográfico “Danças D’ Aldeia” e do grupo de música tradicional “Ventos da Ria”.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.