Mulher que esfaqueou companheiro em Estarreja acusada de homicídio e violência doméstica

1980
Departamento de Investigação e Ação Penal, Aveiro.
Dreamweb 728×90 – Video I

Uma mulher residente em Estarreja foi acusada formalmente por homicídio qualificado do companheiro por esfaqueamento, informa a Procuradoria Distrital do Porto.

O Ministério Público de Aveiro deduziu acusação contra a arguida, imputando-lhe a prática de um crime de homicídio qualificado e de um crime de violência doméstica.

Segundo a acusação, a mulher mantinha com a vítima, seu companheiro, uma relação iniciada em 1997, residindo na casa comum.

A investigação permitiu apurar que o relacionaamento era pautado “por desentendimentos motivados por alegadas relações extra-conjugais do companheiro”.

A partir de 2018, a arguida, atualmente em prisão preventiva, “passou a discutir com frequência quase diária com este, insultando-o, anunciando-lhe que o matava e verbalizando esta intenção a terceiros.”

A 15 de maio de 2020, o casal discutiu em casa “por causa de uma mensagem” recebida pelo falecido.

A mulher, de acordo com a acusação, “agarrou-lhe no telemóvel e jogou-o ao solo, dirigiu-se à cozinha e regressou munida de uma faca com que lhe desferiu um golpe no peito, do lado esquerdo, matando-o.”

Artigo relacionado

Mulher indiciada por homicídio qualificado do marido ficou em prisão preventiva

Publicidade, Serviços & Donativos