Ministro Pedro Nuno Santos “enganou-se” a falar da ligação Aveiro / Águeda – Ribau Esteves

5980
Aveiro, Paços de Concelho.

“Nas próximas semanas”, a Câmara de Aveiro vai anunciar “muito mais obras”, algumas das quais “não eram possíveis” sem a capacidade financeira criada pela integração do saldo de 56 milhões de euro do ano anterior aprovada na Assembleia Municipal, esta terça-feira à noite.

“Uma delas até já tem o Governo a fazer concorrência, o que é uma cena muito engraçada”, gracejou Ribau Esteves referindo-se à ligação Aveiro – Águeda que as duas autarquias concertaram assumir no âmbito da Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA) após várias tentativas de envolvimento governamental ao longo dos anos.

“Eu só não vou comentar, porque há um ministro do Governo que a levou para o sítio errado, enganou-se, em vez de estar a falar com os presidentes das duas Câmaras, falou na Assembleia da República”, ironizou o edil aveirense sobre declarações do ministro das Infraestruturas a dar conta que seria feita uma propostas aos municípios para criar o novo acesso.

“Vão ver que giro isto é, quando temos capacidade, dizermos ‘eu vou fazer, porque tenho capacidade para fazer. Dizem-nos ‘espere aí senhor presidente, porque estamos atrasados 30 anos para fazer essa coisa, espera aí, às tantas fazemos nós’. É preciso ter capacidade política, em primeiro lugar, mas também financeira. E isto é hoje uma arma política muito importante da nossa Câmara, ter capacidade financeira acima do que podia ser a normal condição de uma Câmara como a nossa”, concluiu Ribau Esteves.

Em novembro do ano passado, o autarca renovou o compromisso da Câmara de Aveiro “fazer o projeto e pagar a obra” do troço concelhio da futura ligação Aveiro – Águeda nos primeiros oito quilómetros, entre a rotunda mais nascente do parque de feiras até à estrada de ligação à zona industrial de Eixo e Oliveirinha, aproveitando o nó da A17 de Oliveirinha.

A candidatura a apresentar com Águeda será de caráter intermunicipal no âmbito das “Vias estruturantes para a competitividade empresarial”.

Artigos relacionados

Governo tem proposta para ligação Aveiro – Águeda

Aveiro: PS desafia maioria camarária a usar saldo de 56 milhões de euros

Águeda e Aveiro deixam cair perfil de via rápida para fazer nova ligação avançar

Publicidade, Serviços & Donativos