Manuel Godinho condenado a quatro anos de pena suspensa por se apropriar de 56 mil euros das Finanças

273
Manuel Godinho, arguido do processo 'Face Oculta'.
Smartfire 728×90 – 1

O empresário de Ovar que já fora condenado pelo processo Face Oculta voltou a tribunal esta segunda-feira, acusado de, em 2017, ter procurado desviar uma verba de 56 mil euros reembolsados pelas Finanças a uma das suas empresas.

Manuel Godinho foi condenado a quatro anos de pena suspensa, com a condição de pagar três mil euros aos bombeiros de Santa Maria da Feira, refere uma notícia no site da TVI24.