A força que faz acontecer em Aveiro

313
Bloco de Esquerda.
Smartfire 728×90 – 1

O Bloco de Esquerda mantém a persistência com que tem aprendido a fazer a diferença.

Por Eduardo Couto *

Com apenas 10% dos votos, o Bloco de Esquerda conquistou direitos que até então eram considerados impensáveis. Os portugueses bem sabem que muitas das conquistas desta legislatura foram levadas a cabo graças ao Bloco e à sua determinação para um país mais justo e igualitário.

Estas são algumas das conquistas destes últimos 4 anos impulsionadas pelo Bloco: Fim dos cortes nos salários e nas pensões, aumento do salário mínimo, adoção por casais LGBTI+, redução histórica do preço dos passes dos transportes públicos, legalização da cannabis medicinal, manuais escolares gratuitos, 35h semanais de trabalho na função pública, redução do valor da propina máxima em mais de 200€, 800 mil famílias com tarifa social da energia, integração dos precários do Estado e ainda o estatuto do cuidador informal.

O Bloco conseguiu todas estas conquistas com apenas 19 deputados, em outubro é nos colocada a seguinte questão: deve o Bloco ter mais influência na vida política do país?
A resposta está à vista de todos e de todas, quem o diz são as pessoas, o povo não quer outra maioria absoluta.

Só com mais força o Bloco consegue que o salário mínimo chegue aos 650€ já em janeiro, que não haja mais PPP’s na saúde, que uma pessoa que trabalhou uma vida toda tenha direito ao que descontou. Só com um reforço da sua influência, o Bloco consegue mais 100 mil casas para arrendamento acessível, e mais 100 mil postos de trabalho qualificado na recuperação dos serviços públicos, transição energética e reconversão industrial.

É urgente proceder à criação de uma rede pública de creches e jardins de infância de acesso gratuito, assim como também é crucial um aumento do investimento na saúde, educação e transportes. Acabar com as propinas no Ensino Superior que tanto impedem o acesso ao mesmo, mais orçamento para a cultura e ainda um programa de requalificação das escolas públicas.

Estes são alguns dos compromissos do Bloco, que certamente irão ser cumpridos pelos deputados que irão ser eleitos pelo círculo de Aveiro, para isso eles precisam do teu voto de confiança para um país mais próximo das pessoas.

O Bloco mantém a persistência com que tem aprendido a fazer a diferença, o Bloco de Esquerda foi e é a segurança contra a corrupção, foi e é a segurança pelo SNS, foi e é segurança pela salvaguarda dos serviços públicos e pelo aumento do salário mínimo

Somos o único partido que quer e pode impedir uma maioria absoluta em outubro, é o voto no Bloco que garante a força de quem trabalha neste país representada no parlamento. É voto na gente que vai, com mangas arregaçadas, responder ao tanto que é preciso fazer. Dia 6 de outubro o voto que faz acontecer é no Bloco de Esquerda.

Eduardo Couto.

* Ativista estudantil, Santa Maria da Feira – eduardocoutochh@gmail.com

 

 

 

 

Publicidade, Serviços & Donativos