Ílhavo: Condicionalismos junto ao edifício do CIEMar devido a requalificação urbana

481
Obra de requalificação urbana, Ílhavo (junto ao CIEMar).
Smartfire 728×90 – 1

A obra de requalificação dos acessos e zona verde na envolvente ao edifício do CIEMar, junto do Museu Marítimo de Ilhavo, “já está no terreno”, informa a Câmara local.

A intervenção orçada em 368.367 euros arrancou esta segunda-feira, estando “enquadrada nos instrumentos de gestão territorial” (PEDU e PARU) que a edilidade delineou “como estratégia de desenvolvimento urbano e de construção de um futuro mais sustentado para o município.”

A obra decorrerá pelo período de oito meses, condicionando ou suspendendo a circulação rodoviária naquela zona, com exceção a moradores, nomeadamente na Rua Prof. João Marques Ramalheira, Rua Alexandre da Conceição e Rua Dr. Fernando Magano.

No comunicado, a Câmara “alerta para a necessidade de serem respeitados os avisos que indicarão os desvios e as alternativas.”

A requalificação para “valorização e otimização dos espaços públicos e das suas componentes” irá permitir a reabilitação do espaço público, nomeadamente zonas verdes, estacionamento e arruamentos, bem como a execução das redes de drenagem de águas pluviais e drenagem de águas residuais, abrangendo ainda as redes de incêndio, gás, telecomunicações e iluminação pública.

Publicidade, Serviços & Donativos