Aveiro: Igreja das Carmelitas recebe “Happy Hour nos Museus”

697
Antigo convento das Carmelitas de Aveiro, onde funciona o TAF de Aveiro.
Dreamweb 728×90 – Video I

A Câmara Municipal de Aveiro dinamiza mais uma sessão da “Happy Hour nos Museus” com a realização de uma visita comentada sobre “O restauro da Igreja das Carmelitas de Aveiro” orientada por Ana Luís Brito, a ter lugar no dia 19 de março, quinta-feira, pelas 18:30, na referida igreja.

Fundada em 1657, a igreja é um exemplar clássico da arquitetura religiosa barroca e está classificada como Monumento Nacional.

O edifício foi objeto de uma grande intervenção de conservação e restauro, em 2006, após um longo período em que se encontrou encerrada, tendo sido feito o restauro integral do templo.

Propõe-se com esta Happy Hour dar a conhecer a intervenção realizada, critérios e técnicas, quer ao nível da talha quer do aparato azulejar, pictórico e escultórico. Ao ter lugar no próprio espaço, poderá ser lida como uma “aula ao vivo”.

Mais recentemente a Câmara celebrou um acordo com a Direção Regional da Cultura e do Centro (DRCC) que permite que a gestão da Igreja das Carmelitas passe para a autarquia. No Pacto para o Desenvolvimento e a Coesão da Região de Aveiro, ficou definida a verba de 170.000€ do Centro 2020 para financiar uma nova intervenção de qualificação da Igreja.

Ana Luísa Brito é licenciada em Conservação e Restauro pela Universidade de Lisboa, onde fez, também, o seu Mestrado em Conservação e Restauro. É doutoranda em Conservação e Restauro. Tem executado trabalhos em colaboração com o Departamento de Conservação e Restauro, da Universidade Católica Portuguesa (UCP) – Escola das Artes / Pólo do Porto.

Publicidade, Serviços & Donativos