Grestel prepara lançamento internacional de coleção com grés reciclado

2659
'Costa Nova' (cerâmica).
Smartfire 728×90 – 1

A Grestel, empresa cerâmica instalada em Vagos, lançou a sua primeira coleção de grés reciclado num conjunto de mesa que leva a marca comercial ‘Costa Nova’.

Todos as peças eram produzidas em grés fino, reutilizáveis e recicláveis. Agora, segundo adianta uma nota de imprensa, a coleção ‘Plano’ “vai ainda mais longe”, incorporado como matéria prima grés reciclado.

O ‘Eco-Gres’ é uma marca registada da Grestel para garantir que os artigos são feitos “a partir de materiais reciclados não perigosos, provenientes de excedentes e subprodutos cerâmicos e outros aditivos”.

O grés reciclado da empresa de Vagos resulta de “um longo trabalho de investigação” envolvendo a Universidade de Aveiro, em busca de “vantagens para o meio ambiente” numa ótica de economia circular.

O ‘Eco-Gres’ é uma uma pasta cerâmica inovadora, produzida a partir de materiais reciclados e 100% ecológica.

A pasta reciclada representa aproximadamente 25% de toda a pasta cerâmica comprada a fornecedores externos locais.

Segundo a Grestel, a coleção ‘Plano’ vai ser apresentada já no próximo mês de Janeiro, na feira Maison & Objet, em Paris, e, logo em seguida, na feira Ambiente, em Frankfurt.

A sua venda ao público está também prevista para o início do ano, nas lojas oficiais da marca (Aveiro e Lisboa) e online.

Vantagens do ‘Eco-Gres’

»  Preservação de recursos naturais – com a redução do volume de
extração de matérias-primas naturais;

» Eficiência energética – com a consequente redução da pegada
ecológica;

» Saúde e segurança – com a redução dos excedentes descartados
em aterros sanitários.