GNR detetou 2.500 quilos de amêijoa ilegal a ser exportada

1350
Apreensão de bivalves, em Estarreja.

A GNR apreendeu em Estarreja duas toneladas e meia de amêijoa japonesa sem o tamanho legal.

Uma ação levada a cabo por militares do Subdestacamento de Controlo Costeiro de Aveiro a 26 de dezembro.

Ao todo, foram apreendidos 2.598 quilos de amêijoa japonesa durante uma operação destinada ao controlo do transporte e comercialização de moluscos bivalves.

“Os militares fiscalizaram um veículo que transportava os bivalves provenientes do Rio Sado e com destino a Espanha. Após uma análise à mercadoria transportada, os militares verificaram que os bivalves não tinham a medida regulamentar para ser comercializada, ou seja, 4 centímetros, tendo sido apreendidos”, refere a GNR.

De acordo com o comunicado, o condutor e apanhador dos bivalves foi identificado, tendo sido elaborado o respetivo auto de contraordenação por captura e transporte de moluscos bivalves de tamanho inferior ao legalmente previsto e, ainda, por transporte sem se fazer acompanhar por um documento de registo de moluscos bivalves. Infrações que podem chegar aos 37 500 e 44 890 euros, respetivamente, adianta a Guarda.

Os bivalves ficaram a aguardar pela inspeção higiossanitária cujo resultado definirá o seu destino final.

A GNR alerta que “uma das mais importantes medidas de gestão consiste na fixação de um tamanho mínimo de desembarque, juntamente com a obrigação de rejeitar todos os exemplares capturados com tamanho inferior ao estabelecido, permitindo assim que as espécies atinjam a idade de reprodução.”

Publicidade, Serviços & Donativos