Emídio Sousa quer “unir” o PSD no distrito “num projeto de renovação”

1035
Emídio Sousa, à direita, em campanha com Rui Rio (2019).

“Pensar o distrito, desafiar as pessoas a colaborar, unir, fazendo a ponte entre todos, pensar nas próximas autárquicas” são algumas das linhas de força da candidatura de Emídio Sousa à liderança do PSD distrital de Aveiro nas próximas eleições ainda sem data.

O projeto  “de renovação” com o lema “Criar valor” será apresentado esta sexta-feira, ao final da tarde, em Aveiro.

Em declarações à Rádio Clube da Feira, o autarca feirense admite que será um “trabalho difícil” após a derrota eleitoral nas legislativas e a agitação no partido que as precederam, mas diz que é hora de estar disponível e “superar os combates internos” dos últimos tempos. “Já estive do lado de quem perdeu, mas sempre entendi que no dia seguir temos de ser todos do mesmo partido”, apelou.

Emídio Sousa, que apoiou a candidatura à liderança de Paulo Rangel, afirma contar com apoios ‘de peso’ no partido a nível distrital, como Salvador Malheiro (atual líder distrital), Luís Montenegro (de quem foi mandatário concelhio aquando da candidatura do ex-deputado à presidência do PSD) e Ribau Esteves, autarca de Aveiro.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.