Detidos suspeitos de roubos violentos em Ílhavo

2717
Polícia Judiciária, Aveiro.
COTEC728

A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro adianta que a recente operação envolvendo buscas e detenções na região de Aveiro e Coimbra permitiu “o desmantelamento de um grupo que se dedicava à prática dos crimes de roubo à mão armada e de tráfico de estupefacientes”.

Seis membros da rede, que operava há já algum tempo nesta região, foram detidos. A quatro deles, o tribunal de instrução criminal aplicou a medida de coação mais pesada, de prisão preventiva, ficando os restantes obrigados a apresentações periódicas em posto policial da área da respetiva residência.

Segundo a PJ, procedeu-se ainda à detenção, em flagrante delito, de mais duas pessoas pelos crimes de tráfico de estupefacientes e posse de arma proibida.

A operação envolveu “mais de seis dezenas de buscas realizadas, nos concelhos de Aveiro, Ílhavo, Vagos, Mira, Águeda e Coimbra”.

O balanço agora divulgado dá conta da apreensão de diverso produto estupefaciente, nomeadamente haxixe e cocaína, bem como algumas armas de fogo, caçadeiras, pistola e diversas munições.

O grupo desmantelado encontra-se indiciado por dois crimes de roubo à mão armada, cometidos na madrugada de 24 de Abril e na noite de 31 de Maio passados, em residências no concelho de Ílhavo, “tendo usado de grande violência para com os ocupantes das mesmas.”

A PJ adianta ainda que os suspeitos dedicavam-se ainda ao tráfico interno de heroína, cocaína e haxixe, “utilizando diversos canais de abastecimento conforme o tipo de estupefaciente em causa.”

A ação coordenada pelo Departamento de Investigação Criminal (DIC) de Aveiro foi apoiada investigadores das Diretorias do Centro e Norte, dos Departamentos de Investigação Criminal da Guarda e de Leiria, assim como a colaboração GNR e PSP.