Detenções por violência doméstica em Oliveira de Azeméis e Albergaria-A-Velha

589
Imagem da GNR.
Dreamweb 728×90 – Video I

Um homem de 38 anos detido pela GNR em Oliveira de Azeméis por violência doméstica, de que era vítima a companheira de 31 anos, passou a ser controlado por pulseira eletrónica por decisão judicial.

No seguimento de diligências do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) de São João da Madeira , os militares da Guarda apuraram que o agressor infligiu maus tratos verbais, psicológicos, ofensas à integridade física e ameaças à vítima, sua companheira de 31 anos, de forma reiterada, informa um comunicado.

A GNR deu cumprimento a um mandado de detenção, apresentando o suspeito para ser ouvido no Tribunal Judicial de Santa Maria da Feira.

O homem acabou por sair em liberdade, mas sujeito a várias medidas de coação: apresentações semanais no posto policial da área de residência, proibição de contactos por qualquer forma ou meio com a vítima, proibição de aproximação da residência da vítima e terrenos limítrofes e passa a ser controlado por pulseira eletrónica.

Em Albergaria-A-Velha, um outro homem de 38 anos foi detido pela GNR por violência doméstica, de que era vítima a a ex-mulher de 36 anos.

A ofendida sofria, alegadamente, de maus-tratos verbais, psicológicos, ofensas à integridade física e ameaças de morte à vítima.

A GNR fez buscas na residência do suspeito e no seu veículo, que culminaram na apreensão de cinco armas de fogo e 38 cartuchos de calibre 12.

Depois de presente a tribunal, o homem ficou proibido de aproximar-se da vítima, ou mesmo contactá-a, por qualquer forma ou meio, bem como a apresentações semanais no posto policial da sua área de residência.

Publicidade, Serviços & Donativos

Para conhecer e ativar campanhas em NoticiasdeAveiro.pt, assim como conhecer / requisitar outros serviços e fazer donativos, utilize a nossa plataforma online.