CHEDV aumenta volume de ensaios clínicos

1619
Hospital de São Sebastião.
Smartfire 728×90 – 1

O Centro Hospitalar de Entre o Douro e Vouga (CHEDV) anunciou hoje que foram realizados 26 testes à eficácia de novos fármacos e técnicas durante o primeiro semestre, estando previsto o inicio de mais sete até ao fim do ano. Em 2018, o número total ficou-se pelas 18 investigações.

“Este volume de ensaios clínicos é particularmente relevante a nível nacional em comparação com outras instituições da mesma dimensão e tendo em conta o quadro de recursos afectos a esta unidade”, releva um comunicado da unidade hospitalar que agrega os hospitais da Feira, Oliveira de Azeméis e São João da Madeira.

Desde Janeiro de 2016 que funciona no CHEDV o Centro de Estudos Clínicos (CEC), dispondo de espaço próprio e de quadro profissional exclusivo. “Um ponto de viragem na história da investigação clínica do CHEDV, cujos resultados se começam a fazer sentir”.

Citado no comunicado, Miguel Paiva, presidente do Conselho de Administração do CHEDV, lembra que “o trabalho de pesquisa tem um papel crucial no desenvolvimento da investigação clínica”.

O responsável considera que “a organização interna foi determinante para a diminuição nos tempos de resposta a todos os procedimentos inerentes aos estudos e foi o bom desempenho obtido que determinou o aumento do número de ensaios clínicos”.

O CHEDV lembra que “a investigação clínica é reconhecida, cada vez mais, como parte integrante da actividade hospitalar, sendo um factor de melhoria da qualidade dos cuidados prestados e da qualidade do ensino pré e pós-graduado.”

Apesar de “muitas vezes” requerer custos elevados “tem sido encarada como fonte de financiamento das próprias instituições de saúde, gerando proveitos que, por princípio, deveriam ser prioritariamente aplicados ao desenvolvimento da investigação.”

Publicidade, Serviços & Donativos