Beira-Mar: Processo de insolvência da SAD “encerrado”, aguarda trânsito em julgado

849
Beira-Mar SAD.

“Boas novas, mas nada decidido ainda”. Fonte da direção do Beira-Mar comenta ainda com muita cautela o mais recente desenvolvimento em torno da insolvência da famigerada Sport Clube Beira-Mar Futebol SAD.

O Tribunal do Comércio da Comarca de Aveiro, através de um despacho do juiz titular do processo determinou, a 23 de dezembro, que o mesmo fosse “encerrado”, validando o rateio final (última divisão e distribuição pelos credores de eventuais valores que sobraram da liquidação, após terem sido pagas as custas).

A decisão tem ainda de transitar em julgado para ser definitiva, o que acontecerá ao fim de 30 dias, isto se não surgir qualquer recurso ou incidente processual.

A direção tem informado que o fim da SAD é determinante para o clube conseguir regularizar plenamente a sua situação contributiva e voltar a aceder a apoios públicos, nomeadamente aos subsídios da Câmara.

O clube, por si, não tem dívidas ao Estado, mas ‘leva por arrasto’ por ser acionista da SAD, que geriu o futebol profissional até ser declarada insolvente, em 2015, com dívidas à Segurança Social (meio milhão de euros).

Enquanto a sociedade em liquidação não for dissolvida , o Beira-Mar continuará impedido de apresentar a necessária certidão de não dívida por parte da Segurança Social.

Artigos relacionados

Tribunal declara culposa a insolvência da SAD do Beira-Mar

Beira-Mar: Pagamento das mais valias do negócio das piscinas fica a aguardar decisão judicial

Beira-Mar quase a ver-se livre de SAD maldita

“Questões burocráticas” impedem, para já, acesso do Beira-Mar a subsídios camarários