Aveiro / Rossio: ‘Juntos pelo Rossio’ critica afirmações de Ribau Esteves e avança com nova ação em tribunal

911
Protesto contra o estacionamento do Rossio, Aveiro.
Dreamweb 728×90 – Video I

O ‘Juntos pelo Rossio’ “repudia as afirmações” do presidente da Câmara na reunião pública realizada esta quinta-feiras obre David Iguaz, um dos rostos da associação, a propósito da providência cautelar para suspender o Plano Diretor Municipal (PDM).

“Numa democracia e perante o autismo de um executivo camarário que se recusa a ouvir e a atender às posições dos seus munícipes, o recurso aos tribunais – órgãos de soberania que exercem a justiça em nome do povo na tutela de interesses relevantes para toda a comunidade – é em si, e lamentamos que o sr. pesidente Ribau Esteves assim o não entenda, a manifestação da democracia numa das suas mais importantes dimensões”, refere o movimento de cidadãos em comunicado.

“Travar a desafectação do Rossio como zona inundável”

O ‘Juntos pelo Rossio’ adianta que “apoia e identifica-se por completo” com a ação judicial “contra o PDM” atendendo, em primeiro lugar, à “necessidade de travar a desafectação do Rossio como zona inundável” e depois por a Câmara não ter respondido por escrito aos cidadãos na consulta pública.

O movimento “congratula-se” ainda pela decisão camarária de tornar públicos os pareceres das entidades que tiveram de se pronunciar sobre o projeto de requalificação do Rossio, o que sucede, nota, após uma queixa na Comissão de Acesso aos Documentos Administrativos (CADA) motivada pela impossibilidade de consulta.

O ‘Juntos pelo Rossio’ informa ainda que deu entrada no Tribunal Administrativo e Fiscal de Aveiro com uma acção judicial contra o Projecto de Requalificação do Largo do Rossio e Praça General Humberto Delgado, em Aveiro, e Concessão do Serviço Público de Estacionamento em Parques de Estacionamento Subterrâneos. “(…) não nos foi dada outra alternativa por parte do executivo camarário”, justifica a associação cívica.

Artigos relacionados

‘Juntos pelo Rossio’ repudia afirmações do presidente da Câmara de Aveiro

Aveiro/ Câmara: Providência cautelar suspendeu novo PDM durante uma semana

Publicidade, Serviços & Donativos