Aveiro: Lançar cavacas no S. Gonçalinho exige certificado de vacinação e teste negativo

1558
Festas de São Gonçalinho, 2018.

Cumprir a tradição de arremessar cavacas do alto da capela de S. Gonçalinho, em Aveiro, ficará condicionada a quem exibir certificado de vacinação contra a Covid-19 e um teste negativo.

Anúncio feito esta tarde pela Mordomia de S. Gonçalinho, que tem a seu cargo a organização dos festejos en honra do padroeiro do Bairro da Beira Mar com regresso agendado para 10 a 16 de janeiro depois do cancelamento de grande parte dos eventos da edição de 2021 devido à situação pandémica.

A realização da festa, um misto de religiosa com pagã, cumpre um plano de contingência para Covid-19 aprovado pela Direção Geral de Saúde (DGS). Mas a programação foi apresentada com a ressalva de eventuais alterações por razões de saúde pública.

Os concertos, pelo que está previsto, serão em espaços com entrada condicionada, onde é obrigatório o uso obrigatório de máscara e exibir certificado de vacinação válido.

Programação de 2022 do S. Gonçalinho (Aveiro).

Quanto ao lançamento de cavacas, que tem origem no cumprimento de promessas pelos devotos de S. Gonçalinho, será feita com o largo da capela em acesso condicionado à apresentação do certificado de vacinação e lotação a definir.

Artigos relacionados

Festas em Honra de São Gonçalinho 2022 – esclarecimento da Mordomia

Festas de São Gonçalinho propostas para Património Nacional Imaterial

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.