Aveiro / Distrito: Subida do desemprego pelo segundo mês seguido

2588
IEFP, Aveiro.
Dreamweb 728×90 – Video I

O desemprego oficial aumentou em setembro passado pelo segundo mês consecutivo no distrito de Aveiro, segundo dados da União de Sindicatos de Aveiro (USA).

“Os trabalhadores com vínculo precário continuam a ser os primeiros a ser despedidos”, alerta a estrutura sindical afecta à CGTP. Em Setembro, 52,07% dos desempregados que se inscreveram nos centros de emprego do distrito estavam nessa condição.

Com base nos números do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), o relatório da USA dá conta que o número de desempregados registados no distrito, em Setembro de 2021 é de 21.349, mais 168 que em Agosto. Já em termos homólogos, diminuiu em 2.893 desempregados, seguindo a tendência do continente que diminuiu 47.612.

Apenas 69 em cada 100 pessoas inscritas recebiam protecção social de desemprego, com o valor médio de 546,96 euros.

Ao somar os 3.330 novos desempregados inscritos no mês de Setembro com 21.181 desempregados registados em Agosto, encontram-se inscritos 24.511 desempregados. Mas “o IEFP assume somente 21.349 desempregados”, ressalva a USA. Assim, “fica por explicar o que aconteceu aos 2.295 desempregados em falta, só no mês de Setembro”.

De acordo com os dados do Observatório Infotrust, no distrito de Aveiro, nos primeiros nove meses de 2021, verificaram-se 113 novos casos de insolvências e o encerramento de 886 empresas.

Mais dados do desemprego

» O número de desempregados registados representa 6,10% da população activa do distrito;

» Em termos de variação mensal o desemprego registado aumentou em 11 concelhos: (Albergaria- a-Velha, Arouca, Aveiro, Espinho, Estarreja, Ílhavo, Mealhada, Murtosa, Oliveira de Azeméis, Oliveira do Bairro e Sever do Vouga) e diminuiu em 8 concelhos: (Águeda, Anadia, Castelo de Paiva, Ovar, Santa Maria da Feira, São João da Madeira, Vagos e Vale de Cambra);

» As mulheres continuam a ser mais afectadas: são 12.454 em Setembro de 2021, 58,34% dos desempregados registado;

» Os desempregados de longa duração atingem 10.656 trabalhadores, 49,91% do desemprego;

» O desemprego registado dos jovens com idade inferior a 34 anos é de 6.248, ou seja 29,27% do desemprego;

» O desemprego registado na faixa etária dos 35 aos 54 anos é de 8.461, ou seja 39,63% do desemprego.

Discurso direto

“Milhares de trabalhadores das mais diversas profissões e sectores continuam a ser atingidos pelas consequências da paralisação da actividade económica e pelo aumento da exploração patronal à boleia da pandemia da COVID-19” – USA.

Consultar relatório completo.

Publicidade, Serviços & Donativos

Para conhecer e ativar campanhas em NoticiasdeAveiro.pt, assim como conhecer / requisitar outros serviços e fazer donativos, utilize a nossa plataforma online.