Aveiro: Demolição de construções velhas e ilegais no canal de S. Roque

920
Demolição junto ao canal de S. Roque, Aveiro.

A Câmara de Aveiro procedeu à demolição “de um conjunto de construções velhas e ilegais, junto ao Canal de S. Roque”.

Uma operação “gerida diretamente pelo presidente” da edilidade “que permitiu terminar com um antigo passivo urbano, ambiental e social, de ocupação irregular e insalubre de uma parcela de terreno que vai agora ser qualificado e integrado em espaço público”.

Em causa, uma antiga habitação, da família Chipelo (os “Moles”), que implicou ao longo dos últimos anos o realojamento de residentes para casas do bairro de Santiago.

A transferência agora concluída teve “um acordo extrajudicial no âmbito de um processo judicial em curso” em que duas empresas envolvidas no loteamento para a edificação de prédios de habitação em terrenos contíguos, com o pagamento de 30.000 euros aos proprietários da casa.

A Câmara, por sua vez, “assumiu a gestão e os custos da demolição e limpeza do terreno, que vai agora, na sua maior parte, ser urbanizado” pelo promotor imobiliário que o devolverá “como espaço público pedonal”.

Uma outra parte do terreno em causa hoje limpo vai agora ser disponibilizado aos escuteiros da Vera Cruz para a edificação da sua sede, utilizando uma construção referenciada aos antigos palheiros de madeira, “dando cumprimento a um velho compromisso da Câmara”.

Publicidade, Serviços & Donativos

Para conhecer e ativar campanhas em NoticiasdeAveiro.pt, assim como conhecer / requisitar outros serviços e fazer donativos, utilize a nossa plataforma online.