Aveiro: Circular em Cacia pela antiga EN 109 terá grandes constrangimentos em breve

10944
Avenida Europa, Cacia Aveiro).
Dunas728

Dentro de poucos dias, circular na freguesia de Cacia, usando a antiga estrada nacional 109, vai ser muito mais complicado, atendendo “aos constrangimentos” impostos pelo arranque dos trabalhos de qualificação urbana do troço em causa.

“É uma obra há muito esperada, muito complexa, que vai provocar alterações profundas”, avisou o presidente da Câmara ao intervir no período antes da ordem do dia da reunião pública do executivo, esta quinta-feira.

“ Quem passa ali frequentemente deve ponderar circuitos alterativos, porque existirão muitos constrangimentos, afetando, nomeadamente, os pesados que fazem ali passagem, não os que procedem a cargas e descargas”, alertou ainda o edil.

No final da empreitada, o troço da agora designada Avenida Europa “ficará a ser marcadamente urbano”, nas suas vertentes residencial e comercial.

A circulação de pesados, como tem vindo a ser anunciado, será mesmo condicionada quando a obra terminar. “Vamos tomar medidas para os pesados deixarem de passar”, confirmou Ribau Esteves.

O autarca deu ainda “a certeza absoluta” que Cacia passará a ter “um espaço urbano de grande qualidade”, beneficiando, antes de mais, os residentes “que passam situações muito penosas e há muito se queixam”.

Até lá, para além dos “incómodos habituais, juntar-se-ão os incómodos da obra” que, sendo incompatíveis com o tráfego como atualmente é feito, obrigam “a começar logo com desvios”, que serão comunicados em pormenor.

» A obra abrange um troço de 2,2 km entre o cruzamento com a Rua Vale Caseiro ( Vulcano / Lusavouga, onde decorre a obra da nova rotunda) e a nova variante de Cacia (junto à The Navigator Company) num investimento de 1.377.698 milhões de euros.

» A empreitada adjudicada com o prazo de 210 dias permitirá dotar a zona de maior segurança para o peão (passeios e passadeiras elevadas), com redução da velocidade de circulação automóvel e melhoria do espaço público;

» A circulação de pesados irá ser desviada para vias alternativas existentes, mantendo-se a acessibilidade para cargas e descargas;

» Será reformulada toda a rede de iluminação pública e construída uma nova rede para drenagem de águas pluviais com a devida capacidade.

Artigo relacionado

Aveiro: Nova rotunda em Cacia, junto à Lusavouga, arranca na próxima semana

Deliberações da reunião do executivo da Câmara de Aveiro

Publicidade, Serviços & Donativos